Vaqueiro: um profissional em extinção?

Fundamental em qualquer fazenda pecuarista, o vaqueiro tem sido um profissional cada vez mais difícil de encontrar. Pelo menos é o que garantem os fazendeiros e criadores de gado, que afirmam faltar mão de obra qualificada no setor, mesmo com o aumento dos salários e com condições de trabalho mais atrativas.

Vaqueiro: um profissional em extinção

Para os especialistas, o motivo da falta de profissionais está ligado com os encargos do dia a dia de um vaqueiro, já que a atividade exige preparo físico, boa disposição para acordar cedo e responsabilidade para cumprir todas as tarefas necessárias.

Além disso, as atividades ligadas ao campo estão cada vez mais profissionais e nem todos os vaqueiros estão acompanhando essa evolução. Por isso falta mão de obra capaz de compreender sobre aspectos técnicos como nutrição de gado de corte, manejo de gado e de outros animais e também aspectos comportamentais como ética, boa comunicação e vontade de aprender cada vez mais.

Mas, afinal, o que faz um vaqueiro?

Desde 2013, a profissão de vaqueiro é regulamentada e por isso é obrigatório o registro em carteira. De acordo com a lei, o vaqueiro é o profissional apto a realizar práticas relacionadas ao trato, ao manejo e à condução de espécies animais, como bois, cavalos, búfalos, mulas, cabras e ovelhas.

A lei também define as funções de um vaqueiro que são: fazer a ordenha das vacas, alimentar os animais, preparar e treinar os animais para eventos culturais e socioesportivos e auxiliar nos cuidados necessários à reprodução das espécies.

A rotina de um vaqueiro começa cedo, geralmente por volta das 4 da manhã, quando as vacas devem ser ordenhadas, depois ele deverá manejar os animais de forma correta e cuidar da alimentação adequada, se atentando a todas as orientações veterinárias. O trabalho é puxado e a rotina exige preparo físico e boa disposição.

Quais as principais características de um vaqueiro profissional?

Para ser um bom vaqueiro é imprescindível que o profissional goste de animais e possua habilidade no manejo dos mesmos, além de dispor de conhecimentos técnicos ligados às necessidades nutricionais de cada tipo de criação, modos de reprodução e também de manejo, como doma de cavalos, manejo adequado na engorda de gados, entre outros.

Além dos conhecimentos técnicos, muitos fazendeiros estão em busca de profissionais que apresentem outras características como: ética, profissionalismo, boa comunicação, interesse e capacidade de aprender coisas novas, boa interação com todos os membros da fazenda, boa disposição física, responsabilidade, dinamismo, pró atividade e capacidade de realizar múltiplas tarefas.

Como é o mercado para vaqueiros profissionais?

O setor agropecuário é um dos mais fortes no país, sendo responsável pela maior parte da economia brasileira. Com isso, também é um dos que mais contratam. Porém, de algumas décadas para cá, o trabalho rural tem estado cada vez mais profissional e exigido de quem atua na área capacitação e conhecimentos técnicos adequados.

Já foi se o tempo em que trabalhar no campo era algo passado de geração em geração, sem muitos conhecimentos e especializações. Com o avanço da importância econômica desse setor, os profissionais devem ser cada vez mais técnicos e capazes de agregar valor ao negócio, se portar de maneira ética, ser multitarefa e contribuir para a especialização da área.

Com isso, a profissão de vaqueiro também tem se modificado. Hoje, é preciso ser um verdadeiro consultor, capaz de lidar com vários tipos de animais, compreender suas necessidades nutricionais, manejá-los de forma adequada, prepara-los para competições e exposições e ser o braço direito dos donos das fazendas, uma vez que o vaqueiro lida diretamente com o produto mais valioso daquele local.

Justamente por tudo isso, é que a capacitação técnica tem sido extremamente exigida pelos contratantes que buscam vaqueiros experientes e também capazes de trazer novos conhecimentos para suas fazendas.

Pela crescente necessidade de especialização, os contratantes têm encontrado dificuldades na hora de preencher as vagas de vaqueiros. Porém, aqueles profissionais que se especializam não encontram dificuldade em conseguir boas vagas e mantêm-se sempre empregados.

Aprenda mais sobre esta profissão, clique aqui e faça um Curso Profissionalizante Online de Vaqueiro.

Como funcionam os cursos de vaqueiro?

O aumento da procura por cursos de vaqueiro tem feito com que o setor ofereça várias oportunidades de qualificação e especialização, inclusive com opções à distância.

Na maior parte dos cursos você irá aprender sobre as técnicas de nutrição animal, tanto para o pasto, como para o confinamento, a diferença entre os alimentos volumosos e concentrados, o manejo racional, a eficiência no trabalho com o gado, as técnicas de manejo gentil, o manejo com os diferentes tipos de animais, a adequação das instalações para o bem estar animal, entre outros.

Em muitos cursos você também terá um módulo profissionalizante que lhe dará noções de empreendedorismo, ética e consciência, postura profissional, comunicação assertiva e motivação de pessoas, qualidade na prestação de serviços, o uso correto do português e outros aprendizados essenciais para quem busca uma vaga de destaque no mercado.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

Não vá embora sem deixar um comentário!