Padeiro: uma profissão em falta no mercado de trabalho

A maioria das casas dos brasileiros sempre possui um pão quentinho para o café da manhã e da tarde. Manter essa tradição é função do padeiro, um profissional muito antigo, mas que anda sendo disputado pelas padarias e supermercados.

Padeiro: uma profissão em falta no mercado de trabalho

O motivo é que cada vez menos jovens querem acordar tão cedo para produzir receitas variadas e saborosas. Com a falta de interesse e de capacitação técnica, os padeiros têm sido assediados pelas empresas, com salários mais atrativos e solidez na carreira.

Para quem pensa em começar a trabalhar como padeiro, a notícia é boa: existem muitos novos postos de trabalho abertos e com salários bastante atrativos. Porém, não se engane, é preciso capacitação, muita dedicação e flexibilidade de horário, já que as jornadas costumam começar de madrugada na maior parte das padarias.

O que faz e quais as funções de um padeiro?

O padeiro, obviamente, é o responsável por produzir vários tipos de pães. Por isso, suas funções incluem testar e criar novas receitas, dominar o uso de todos os equipamentos e utensílios da cozinha (como forno e cilindros), entre outras. Para se destacar no setor é preciso saber produzir com maestria vários tipos de pães doces e salgados, com ou sem recheio, além de tortas, quiches e outros tipos de salgados que poderão compor o mix de produtos da empresa para a qual trabalha.

Estão entre as suas atividades diárias: organizar os materiais necessários para produzir as massas, saber modelar os pães, produzir recheios e coberturas, assar os pães, bater massas de bolos, biscoitos e tortas, confeitar os doces, armazenar e embalar os produtos, conferir o estoque das matérias primas e solicitar a compra quando necessário, manter a cozinha em ordem e higienizar todas as peças usadas na produção.

Quais as características de um bom padeiro?

Para se destacar na panificação é imprescindível saber e gostar de cozinhar, criando e adaptando receitas diversas. Por isso é essencial possuir, como dizem os padeiros, ‘mão boa’ para massas. Além disso, deve gostar de se atualizar e de estudar frequentemente já que deverá estar antenado a todas as tendências no setor de panificação.

Outras características pessoais costumam ajudar na hora de conseguir uma boa vaga, como: capacidade de organização, higiene, ser observador, ter responsabilidade, gostar de aprender coisas novas, ser ágil e ter disposição para a rotina pesada, capacidade de ouvir críticas e elogios, ser criativo e gostar de criar novas receitas, ter bom paladar, ter bom senso crítico, apresentar visão estética, saber trabalhar em equipe, se comunicar adequadamente, ter postura profissional, entre outras.

Como é o mercado de trabalho e onde posso trabalhar como padeiro?

O pão é uma figura essencial na nossa sociedade e está presente em nossas vidas desde os hebreus, antes de Cristo. De lá para cá muitas mudanças aconteceram no setor da panificação e hoje, com a agitação diária, muitas pessoas não têm tido mais tempo para produzir suas refeições. Com isso, as padarias têm aumentado o seu mix de produtos, servindo cafés da manhã e da tarde, com isso a função do padeiro está sendo ampliada.

De simples executor de receitas, o padeiro atual tem se tornado extremamente influente na prosperidade ou não do negócio em panificação, pois dele dependem a qualidade dos produtos servidos, a escolha adequada da matéria prima e a criação de receitas únicas, que diferenciem o estabelecimento.

Apesar disso, cada vez menos pessoas, principalmente os jovens, têm buscado a profissão, pois ela é conhecida pela sua grande exigência e pelos horários pouco convidativos. Com isso, o que se nota é uma falta de padeiros no mercado, principalmente os que apresentam qualificação e experiência.

Para aqueles que se dedicam, realizam um bom curso de padeiro e conseguem experiência no setor, os salários são atrativos e é possível fazer carreira e até mesmo empreender, criando o seu negócio próprio em panificação.

Aprenda mais sobre esta profissão, clique aqui e faça um Curso Profissionalizante Online de Padeiro.

Como funciona o curso de panificação e de capacitação em padeiro?

Hoje existem muitas opções de cursos de panificação, inclusive à distância, que lhe permitem adquirir conhecimentos básicos e avançados no setor. O importante é sempre buscar uma instituição séria e reconhecida, que forneça certificação após a conclusão do curso.

Nos cursos básicos, você irá aprender quais são e como utilizar os equipamentos de uma padaria, os ingredientes essenciais, as etapas da panificação e as receitas para fazer produtos básicos como o pão francês, a baguete, o pão doce, a rosca, o pão de forma, entre outros.

Já os módulos mais avançados irão lhe orientar em relação a fermentação, a temperatura adequada, as maneiras de se evitar a contaminação alimentar, a estocagem adequada dos pães, os prazos de validade, a padronização do produto e receitas avançadas como pão italiano, pão light, struddel, croissant, folhados, sonhos, brioches, entre outros.

Quanto ganha um padeiro?

Os salários irão depender de uma grande quantidade de variáveis, como: local de trabalho, jornada de trabalho, ramo e porte da empresa, benefícios, sua experiência e capacitação, entre outros.

Para padeiros em início de carreira o salário médio é de R$1300,00. Profissionais mais bem especializados e com mais conhecimento do mercado podem ter salários de até R$5 mil mensais.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

Não vá embora sem deixar um comentário!