Classe média adere ao motorista particular e interesse pela profissão aumenta

Já passou o tempo em que dispor de um motorista particular era um privilégio de uma minoria. Com um serviço cada vez mais acessível, tanto na parte financeira, quanto na forma de encontrar e localizar um bom motorista, o interesse pela profissão está aumentando e as empresas especializadas estão em busca de profissionais capacitados para atender a essa demanda crescente.

Classe média adere aos motoristas particulares e interesse pela profissão aumenta

Pessoas que não gostam ou tem medo de dirigir, e que se estressam no trânsito cada vez mais complicado das nossas cidades ou que ainda buscam por um pouco mais de comodidade, são os principais clientes dos motoristas particulares.

O que faz o motorista particular?

É ele quem dirige veículos de passeio para o transporte de passageiros para empresas, organizações, famílias e particulares. É o responsável pelo deslocamento de executivos, por buscar pessoas nos aeroportos, leva-los a reuniões, levar e buscar de eventos, entre outros.

Qual o perfil profissional do motorista particular?

Para se destacar na área, além de saber dirigir muito bem, é preciso ser gentil, educado, discreto, saber se comunicar de maneira adequada, ter elegância, saber se portar de forma correta, ter uma postura íntegra e ética, saber lidar com pessoas, se relacionar de maneira profissional e ser um bom ouvinte.

Além disso, é muito importante que o profissional domine as técnicas de direção defensiva, tenha um comportamento calmo e sóbrio no trânsito e esteja apto para realizar todas as suas funções com segurança, afinal, do seu trabalho dependem o bem estar e a vida de pessoas.

Como é o mercado de trabalho?

O mercado está em expansão, principalmente com o aumento do número de empresas que prestam o serviço e a facilidade de contratação, que varia de diária, mensal, por hora ou para ocasiões esporádicas. Também é possível que a pessoa escolha por motoristas com carro próprio ou que irão dirigir o carro do contratante.

Além disso, você também poderá atuar como autônomo. Uma tendência no setor é o chamado “motorista segurança” que presta ambos os serviços, principalmente para executivos e empresas.

Quanto ganha um motorista particular?

A faixa salarial varia bastante, pois depende se irá prestar seus serviços ligado a uma empresa ou como autônomo, a quantidade de horas trabalhadas, o tipo de contrato firmado, entre outras variáveis. A média para o cargo, no Brasil, tem sido de R$ 1400,00 a R$3000,00, mas é possível ter ganhos maiores caso tenha especialização ou experiência no ramo.

Além disso, quem trabalha como autônomo, também poderá lucrar mais, já que, o preço médio para o serviço sob demanda varia de R$150 a R$500, por exemplo. Os ‘motoristas seguranças’ alocados, ou seja, que trabalhem 44 horas semanais, e usem o carro do cliente podem ter salários de até R$7 mil mensais.

O que preciso para ser um motorista particular?

A primeira exigência é, claro, possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) adequada para o tipo de trabalho que irá prestar, lembrando que a categoria A é apenas para dirigir motocicletas, a B para dirigir veículos com até 8 lugares e que não excedam o peso de 3,5 mil kg, a C para transporte de cargas, a D para o transporte coletivo de passageiros e transporte escolar e a categoria E permite conduzir carretas e inclui os veículos da B, C e D.

Dependendo da vaga, você terá de cumprir outros requisitos como experiência mínima na área, tempo de carteira de motorista e, em alguns casos, até falar mais do que uma língua.

No geral, tanto as empresas que prestam serviços de motoristas particulares, quanto os contratantes de autônomos prezam por profissionais que tenham experiência na direção e que demonstrem qualificação, com cursos e especializações. Também é importante demonstrar disponibilidade, já que nem sempre você será chamado para trabalhar em horário comercial e, em muitos momentos, terá de ficar longe de casa. É preciso demonstrar que não tem problema em realizar horas extras, colocando-se à disposição do cliente e, inclusive, sugerindo rotas e caminhos.

Aprenda mais sobre esta profissão, clique aqui e faça um Curso Profissionalizante Online de Motorista Particular.

Como são os cursos de qualificação?

Os cursos são extremamente importantes para quem almeja uma vaga na área, pois permite ao profissional ter uma visão mais ampla do seu serviço, com noções de mecânica, primeiros socorros, direção defensiva, cuidados especiais com passageiros idosos, crianças e portadores de necessidades especiais, noções de segurança particular e meios de prevenção de assaltos, sequestros e atentados, manutenção e conservação do veículo, além de noções de empreendedorismo, ética, marketing profissional, comunicação, prestação de serviço, entre outros.

Hoje, é possível encontrar muitos cursos voltados para a área de motoristas particulares, inclusive à distância. Porém, é importante buscar por instituições sérias, que disponham de certificados e de professores capacitados, com experiência no setor.

Vale a pena investir na profissão?

Se você tem experiência na direção ou gosta de dirigir e de lidar com pessoas, esse é um ramo interessante e que está em franco crescimento no país. Com ele, você poderá alcançar bons salários, mas, é preciso estar disposto a se qualificar constantemente e a cumprir as altas exigências do setor.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

Não vá embora sem deixar um comentário!