Possibilidade ampla de atuação atrai novos marceneiros

Produtos com foco na sustentabilidade e personalização estão em alta. Com o aquecimento do setor de decoração de interiores, a atuação dos marceneiros tem sido cada vez mais requisitada, principalmente para criar peças sob medida e que se encaixem perfeitamente nas residências cada vez menores.

Possibilidade ampla de atuação atrai novos marceneiros

Qualquer pessoa que já tenha passado pela decoração da sua casa ou comércio, sabe da importância de contar com um bom marceneiro. Além do serviço com móveis, os marceneiros são bem requisitados para criar peças de decoração, objetos utilitários e também produtos artesanais.

Com o mercado aquecido e a possibilidade de ter o seu próprio negócio, cada vez mais pessoas têm buscado se profissionalizar como marceneiro.

O que faz um marceneiro?

O marceneiro, antes de tudo, é um artesão que usa a madeira como sua ferramenta básica para criar e reparar móveis, objetos de decoração, obras de arte, peças decorativas e outros itens de madeira. Para isso, ele se utiliza de ferramentas de corte específicas, além de outros itens para perfurar, entalhar, raspar, etc.

Este é o profissional responsável por: elaborar traçados, marcações, dimensões e formas nos desenhos ou esboços que serão usados para os cortes, dominar as técnicas de revestimento (com MDF, madeira laminada, entre outros), operar máquinas, ferramentas e instrumentos próprios da marcenaria e conhecer as técnicas de montagem de móveis, de acabamento e, também, de afiação das ferramentas de corte.

Qual o perfil profissional de um bom marceneiro?

Antes de se iniciar na profissão é preciso gostar de trabalhar com madeira e ter afinidade com a criação de peças. Também é esperado que ele tenha facilidade para lidar com croquis, desenhos e especificações técnicas que irão orientar o seu trabalho. Além disso, é fundamental saber usar os instrumentos da marcenaria, conhecer os detalhes dos tipos de madeira e as suas principais características.

Outras características também costumam ajudar a se tornar um profissional mais bem sucedido no setor, como: ter habilidade manuais para lidar com as ferramentas e os objetos cortantes, ser criativo, ter capacidade de organização, agilidade, sensibilidade, visão artística, perfeccionismo, boa capacidade de observação, facilidade para lidar com madeiras e peças artesanais, ser dinâmico, ter gosto pelo desenho e pela arte.

Quais as principais atividades de um marceneiro?

O marceneiro é responsável por muitas outras questões além da simples fabricação da peça. Ele é quem irá conversar com o cliente e descobrir qual é o objetivo do mesmo com o trabalho e também visualizar e desenhar o projeto. Além disso, também será o responsável por todo o processo de fabricação, como tirar as medidas do local, cortar a madeira, lixar, perfurar, entalhar, enfim, produzir a peça de acordo com o projeto e com as necessidades do cliente.

Como é o mercado de trabalho?

O mercado é bastante amplo, pois, além de atuar em marcenarias como contratado, ele também poderá abrir o seu próprio negócio. Essa, inclusive, é uma opção da maioria dos profissionais, quando conseguem alcançar um nível de experiência e de conhecimento do mercado.

Em geral, os marceneiros que estão começando, atuam como ajudantes ou auxiliares e são contratados por marcenarias, fábricas de móveis, empresas de móveis e cozinhas planejadas, etc. Aos poucos, eles vão ganhando mais experiência e começam a ser reconhecidos pelo seu trabalho. Esse é o momento ideal para abrir o seu próprio negócio.

Aprenda mais sobre esta profissão, clique aqui e faça um Curso Profissionalizante Online de Marceneiro.

O que é preciso para ser um marceneiro?

As leis brasileiras não indicam a necessidade de nenhuma graduação ou formação técnica na área para atuar como marceneiro, porém, é interessante fazer cursos de qualificação e especialização para quem busca iniciar no setor e até mesmo se atualizar sobre as técnicas mais modernas.

Também existem profissionais que aprendem o ofício como aprendizes, porém, hoje, com a constante qualificação do mercado, essas vagas estão cada vez mais escassas, já que as marcenarias e fábricas de móveis, geralmente, estão em busca de profissionais que já tenham, ao menos, uma noção da área e consigam trabalhar com as ferramentas básicas.

Por isso, investir em cursos de marcenaria é muito importante para quem busca ingressar nessa profissão.

Como são os cursos de marcenaria?

Hoje existem muitos cursos profissionalizantes na área de marcenaria e você poderá inclusive fazer alguns à distância. Com eles você aprenderá os vários tipos de madeira e suas características, quais são as ferramentas mais usadas e como aplica-las na confecção das peças, terá noções de segurança no trabalho, desenho e criação de projetos, aprenderá técnicas de laminação e outros tipos de revestimento, saberá preparar as superfícies para o acabamento, além de aprender a fabricar móveis e peças de decoração.

Com os cursos, você também terá noções de empreendedorismo, ética e de como se portar no mercado de trabalho. Informações importantes para quem sonha em abrir o seu próprio negócio.

Por isso, se você gosta de trabalhar com madeira, é criativo e tem noção de planejamento e desenhos técnicos, que tal começar a investir em uma nova profissão?

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

Não vá embora sem deixar um comentário!