Mercado de beleza cresce e abre novos postos de trabalho para depiladora

Não existe crise para as profissões ligadas ao setor de beleza e estética. Pelo menos é isso o que vem comprovando o mercado, já que novos postos de trabalho têm sido abertos por todo o país nas mais diversas profissões ligadas à área.

Mercado de depilação cresce e abre novos postos de trabalho

Um dos ramos que mais tem crescido ultimamente é a depilação. O setor tem vivido um verdadeiro “boom” com a abertura de inúmeras clínicas específicas, franquias e o aumento dos profissionais liberais. Com o crescimento e a variedade das técnicas, a depilação se tornou um item indispensável na higiene e beleza de muitas pessoas, inclusive os homens, que começaram a aderir a técnica e estão mais vaidosos.

O hábito de se depilar, porém, não vem de hoje. Segundo registros históricos, as mulheres gregas de 2000 aC já retiravam seus pelos com as mãos ou queimando-os através do uso de cinza quente sobre a pele. Também da Grécia antiga vem o primeiro instrumento usado para a depilação, o Estrigil. De lá para cá, os métodos evoluíram muito, o que tem contribuído para a depilação se tornar menos dolorosa e mais acessível.

O que faz uma depiladora?

A depiladora é a profissional responsável por realizar a extração dos pelos de certas regiões do corpo, de forma definitiva ou temporária, usando técnicas variadas como cera quente, laser, linha, luz pulsada, entre outras.

Qual o perfil profissional de uma boa depiladora?

É importante que a profissional tenha habilidades manuais, domine as diferentes técnicas de depilação, conheça a fisiologia da pele e dos pelos, entenda sobre as diferenças entre depilação facial e corporal, tenha noções de biossegurança e apresente cuidado com a saúde e a gestão do seu dia a dia de trabalho.

Outras características pessoais também são fundamentais, como: boa higiene, ética, preocupação com a assepsia de todo o seu local e materiais de trabalho, ser educada e cortes, ter boa capacidade de observação, saber se comunicar bem com os clientes, ser pontual e atender os clientes no horário agendado, respeitar as diferenças, evitar comentários e críticas destrutivas, não fazer fofoca, conhecer as técnicas de marketing pessoal e de vendas.

Como é o mercado de trabalho?

O mercado ligado aos setores de beleza, cosméticos e estética é um dos que mais cresce em todo o país, mesmo no período de crise. Em específico, a área de depilação, tem vivido um crescimento surpreendente, sobretudo devido as técnicas mais modernas e eficazes e também ao aumento crescente do público, incluindo aqui os homens que passaram a aderir a depilação.

Hoje, você poderá atuar em grandes centros de estética e até mesmo institutos e clínicas voltados exclusivamente à depilação, que contam com profissionais capazes de desempenhar as técnicas mais diversificadas e modernas da área.

Aprenda mais sobre esta profissão, clique aqui e faça um Curso Profissionalizante Online de Depiladora.

Além disso, locais tradicionais como spas, salões de beleza e até mesmo o trabalho como autônoma continuam em alta. Uma tendência atual é o atendimento à domicílio, quando a profissional vai até a casa do cliente realizar os procedimentos. Para isso, é preciso dispor de maca portátil e de todos os equipamentos que garantam uma execução perfeita da técnica, além de segurança e higiene.

Logo quando a técnica de cera quente surgiu no Brasil não havia muitos profissionais treinados e capazes de executar esse método de depilação. Com isso, tornou-se comum a prática dos institutos de beleza contratarem pessoas sem experiência e ensinar a elas como fazer a depilação. Hoje, o mercado está diferente e para garantir boas vagas é preciso apresentar experiência e qualificação comprovada através de cursos e certificados. Isso se deve a crescente profissionalização do setor de estética, o que garante serviços prestados de forma mais segura e adequada a todos os clientes, além de possibilidades maiores de ganhos aos profissionais habilitados.

Qual o salário médio?

O salário é muito variável, pois depende do seu local de atuação, se irá trabalhar ligada a uma empresa ou como autônoma e também a carga horária e o tempo que leva para fazer determinado serviço.

De acordo com a agência de empregos Catho, a média salarial para a profissão é de R$1100,00. Porém, depiladoras que trabalhem em grandes centros, salões de beleza ou spas de alto nível, podem ter salários maiores.

Além disso, alguns salões de beleza trabalham com o esquema de comissão, que variam entre 30 e 50%, ou, no final do mês, a depiladora paga para o salão cerca de 30% do seu faturamento. Portanto, é difícil estimar uma média salarial para a profissão, já que dependerá do seu acordo no local de trabalho e também do movimento do salão de beleza. Algumas profissionais conseguem um salário superior a R$2500,00 (já com os descontos realizados para o salão).

Outra opção é trabalhar como autônoma, o que lhe permite ganhos maiores, já que não terá de repassar nenhuma porcentagem ao salão. Porém, nesse caso, é preciso dispor de uma clientela fixa.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

Não vá embora sem deixar um comentário!