Ganhe dinheiro sendo confeiteiro

A confeitaria, mais do que uma profissão, é considerada por muitos como uma arte, pois é preciso muita criatividade e sensibilidade na hora de criar e enfeitar lindos (e saborosos) doces. A atividade é muito antiga e seu surgimento está ligado ao Império Romano.

Ganhe dinheiro com confeitaria

De lá para cá, claro, muitas mudanças aconteceram no mercado, com a inclusão de várias tendências. O que não muda, porém, é a dificuldade em se encontrar bons confeiteiros.

Quem trabalha na área sabe que falta mão de obra qualificada, capaz de atender a um mercado em ascensão e extremamente exigente. Porém, para quem gosta de transformar bolos em verdadeiras obras de arte, a profissão de confeiteiro pode ser uma ótima opção de renda e com vagas sempre em aberto. Mas, para se destacar, é preciso investir em qualificação e atualização.

O que faz um confeiteiro?

Ele é o profissional responsável por elaborar produtos de confeitaria, criando e recriando receitas de bolos e doces confeitados – transformando-os em verdadeiras obras de arte e instigando os clientes a ‘comer com os olhos’.

São responsabilidades do confeiteiro produzir bolos e doces sob encomenda para festas de aniversário e de casamento e outras celebrações especiais, além de produtos para venda diária, tudo dentro das normas de higiene e segurança alimentar.

Quais as características de um bom confeiteiro?

Antes de mais nada é preciso, claro, gostar de cozinhar e ter facilidade na hora de produzir doces e bolos, gostando de criar novas receitas e experimentar misturas inusitadas. Além disso, é fundamental dominar algumas técnicas básicas como as receitas das principais massas (folhada, brisée, sucrée, crepe, etc.), dos cremes mais usados (chantilly, confeiteiro, inglês, limão, etc.), de doces tradicionais (bombas, carolinas, crepes e tortas) e também as formas adequadas de realizar as decorações.

Outras características pessoais podem ajudar, como: ser criativo, ser organizado, ter boa comunicação com os clientes e com os demais funcionários da cozinha, prestar atenção aos detalhes e ter senso crítico, ser uma pessoa motivada, saber escolher bem os ingredientes, possuir um bom paladar, ter senso estético apurado, ter dinamismo, ser delicado, possuir habilidade manual, ser proativo e, claro, manter a higiene e a assepsia de toda a cozinha e dos materiais utilizados.

Como é o mercado e qual a área de atuação de um confeiteiro?

O mercado para a confeitaria está sempre aquecido, pois é um setor que movimenta muito dinheiro e conta com clientela fixa. A área de confeitaria ainda tem estado em evidência, devido ao fortalecimento de novas tendências como os cupcakes, os doces finos e até mesmo os food trucks de doces. Com isso, cada vez mais tem sido requisitados confeiteiros habilidosos e atualizados nas novas exigências dos consumidores.

As opções de atuação são inúmeras. Você poderá trabalhar como contratado de padarias, cafés, hotéis, supermercados, restaurantes, buffets, docerias, lojas especializadas de bolos e doces finos, confeitarias e muito mais. Nesses locais, você será o responsável por produzir e apresentar doces e bolos de qualidades e com receitas próprias ou desenvolvidas pela loja ou rede.

Os horários de serviço poderão variar conforme o local de trabalho. Nas padarias, em geral, os confeiteiros possuem jornada noturna (das 23h às 05h), pois precisam deixar tudo pronto para os clientes poderem consumir assim que a padaria for aberta. Nos outros estabelecimentos será possível trabalhar em horário comercial ou em turnos.

Outra opção é atuar como autônomo, gerindo seu próprio negócio. As micro empresas de confeitaria tem crescido muito e se tornado tendência no mercado, prestando serviços exclusivos e com qualidade diferenciada. O principal foco desses pequenos negócios são os cupcakes, doces finos, macarons e outros mimos para festas e eventos.

Porém, independentemente de onde resolva atuar é fundamental dispor de uma qualificação e capacitação técnica, além de se manter constantemente atualizado, pois o setor está sempre com novas tendências e é preciso saber oferece-las aos clientes mais antenados.

Além disso, saiba que o mercado é exigente e busca profissionais com experiência comprovada ou que sejam capazes de gerir uma cozinha industrial. Por isso, se você pretende atuar como confeiteiro é fundamental fazer cursos de capacitação e especialização.

Aprenda mais sobre esta profissão, clique aqui e faça um Curso Profissionalizante Online de Confeiteiro.

Como funcionam os cursos de confeitaria?

Você poderá optar por cursos livres profissionalizantes ou de especialização, caso seja formado em gastronomia. As opções variam muito, inclusive com opções de cursos online. Antes de se decidir, porém, escolha aquele que melhor se encaixe no seu perfil e que possua reconhecimento pelo mercado e certificação.

Na maioria dos cursos, você poderá optar por níveis básico, avançado e de aperfeiçoamento, dependendo se você já possui noções de confeitaria, se trabalha na área ou se está pensando em iniciar na profissão.

Quanto ganha um confeiteiro?

O seu salário irá depender da área de atuação, se será profissional contratado ou autônomo, se irá trabalhar em horário comercial ou noturno (nesse caso há o adicional noturno) e em qual cidade irá atuar.

A média, para quem está iniciando como auxiliar, é entre R$1200 e R$1500. Com a experiência esse valor pode chegar a até R$4500. Como autônomo, os ganhos podem ser maiores e chegar a até R$6 mil mensais.

Se você gosta de trabalhar com bolos e doces, que tal começar a se especializar agora mesmo e garantir uma boa vaga no mercado da confeitaria?

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 2 votos - Média: 5 estrelas

Não vá embora sem deixar um comentário!