Cabeleireiro: uma profissão sempre em alta

Sempre aquecido e com crescimento acima da média, o setor da beleza e cosméticos costuma ser uma boa pedida para quem está buscando um novo posicionamento no mercado. Entre as profissões mais procuradas está a de cabeleireiro.

Cabeleireiro: uma profissão sempre em alta

Embora a maioria das cidades brasileiras registre um excesso de salões de beleza, o mercado ainda é muito carente de profissionais qualificados e atualizados. Outro atrativo da profissão é a possibilidade de crescimento, já que muitos acabam empreendendo e abrindo o seu próprio negócio.

Cabeleireiro é só cortar cabelo?

Claro que não. Atualmente, esse profissional é multitarefas, sendo responsável pelo cuidado, vitalidade e beleza dos cabelos de seus clientes. Ele deverá estar familiarizado com diversas técnicas de tintura, químicas, alongamentos e, claro, de cortes. Como o mercado da beleza está sempre em evolução, espera-se que este seja um profissional moderno seja capaz de acompanhar todas as novidades e dominar muito mais do que as simples técnicas de cortar e escovar.

Quais as características de um bom cabeleireiro?

Para se dar bem na área é preciso, antes de mais nada, ter um ótimo senso estético e interesse em moda e beleza. Outras características também ajudam como boa visão, coordenação e habilidade para lidar com tesouras, navalhas e outros objetos, ser detalhista, ter boa comunicação para interagir com os clientes, ser simpático e amigável, ter boa higiene e organização e estar preparado para se manter atualizado na área, realizando cursos frequentemente.

O que é preciso para ser cabeleireiro?

Legalmente para atuar na profissão não é exigido nenhum curso específico, porém, a maioria dos salões de beleza exige que o profissional possua, ao menos, curso profissionalizante. Quanto mais qualificado o cabeleireiro for, maiores os ganhos e melhores as chances de encontrar boas vagas.

Os cursos de cabeleireiro online são capazes de dar a base para que o profissional possa compreender melhor as partes do cabelo e suas funções, além das características e tipos de cabelo, o que permite trabalhar seguro das técnicas mais adequadas para cada cliente. Também é imprescindível que o profissional conheça as anomalias e as doenças do couro cabeludo para que possa ajudar a resolver o problema ou encaminhar o cliente para o tratamento mais adequado.

Outro item muito importante é compreender as diferenças das abordagens nos cabelos de adultos e crianças, já que o cabeleireiro infantil têm, a cada ano, sido mais e mais procurado por grandes salões, pois a demanda para esse público está a cada ano maior em todo o país.

Dessa forma, percebe-se que estar atualizado e constantemente buscando por novos aprendizados é fundamental para quem pretende crescer no setor. Ter espírito empreendedor também é importante, principalmente para aqueles que desejam abrir o seu próprio salão de beleza.

Como é o mercado de trabalho?

Como mencionamos acima, o setor de beleza e cosméticos é um dos poucos no país que tem registrado aumento contínuo durante anos. Isso se deve a característica dos brasileiros em se preocupar bastante com a vaidade e estarem sempre em busca de novidades nessa área. Por isso, se você está pensando em iniciar na profissão de cabeleireiro, saiba que existem muitas vagas abertas, mas que é preciso apresentar qualificação.

A área, apesar de estar sempre precisando de mão de obra, é bastante competitiva e para se destacar é necessário apresentar diferenciais como atualização e bom atendimento. Quando o profissional realiza um bom trabalho, geralmente consegue fidelizar os seus clientes. Ou seja, se você se especializar e atender bem, a sua clientela irá lhe seguir em qualquer salão que você venha a trabalhar (até mesmo quando abrir o seu).

Aprenda mais sobre esta profissão, clique Aqui e faça um Curso Profissionalizante Online de Cabeleireiro.

Quanto posso ganhar como cabeleireiro?

A resposta para essa pergunta é muito variável, já que a remuneração depende se irá trabalhar como autônomo ou ligado a um salão, a cidade em que irá atuar, entre outros itens. Em geral, o cabeleireiro iniciante pode ter um salário médio de R$ 3.000,00 a R$8.000,00 ou até mais, dependendo do local em que irá atender (salões de luxo, spa, etc.) e do número de clientes que conseguem atender em um dia.

Caso você decida abrir o seu próprio salão de cabeleireiro, esse ganho poderá ser ainda maior. Muitos aliam outros serviços como manicure, esteticista, massagista e podologia e acabam fidelizando um número ainda maior de clientes.

Como você pode notar, o mercado para cabeleireiros está sempre aquecido, o que faz com que muitas pessoas procurem a profissão como uma forma de se recolocar no mercado de trabalho ou até mesmo como o primeiro emprego. Se você gosta da área e está pensando em se dedicar a ela, que tal começar um curso profissionalizante? Pois, saiba que já é possível fazer um curso online e aprender todas as técnicas para se destacar no mercado!

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

Não vá embora sem deixar um comentário!